Público da exemplo de “civilidade” durante jogo do Flamengo no Estádio Mané Garrincha

Com autorização do GDF no dia 21 de julho de 2o21, Arena BSB pode sediar jogos com presença de torcedores, a casa atuou de acordo com exigências de segurança e recebeu apenas 25% da capacidade total do estádio.

Depois de um ano e meio sem poder receber o público, pela primeira vez depois que as regras de circulação em decorrência da pandemia foram flexibilizadas, o Governo do Distrito Federal liberou (GDF), o Estádio Nacional Mané Garrincha para receber uma partida de futebol com a presença do torcedores. A liberação veio acompanhada de uma série de exigências, desta forma, a atual empresa responsável pela gestão do estádio, Arena BSB, só poderia receber o evento caso todas as medidas fossem seguidas à risca.

O jogo entre Flamengo e Defensa Y Justicia aconteceu na última quarta-feira (21), seguindo de forma rigorosa todas as medidas especificadas no decreto. A casa recebeu apenas 25% da capacidade total do estádio. Para maior segurança, o público foi dividido em setores que separavam torcedores que já foram vacinados dos torcedores que apresentaram o exame de PCR feito nas últimas 48 horas de acordo com indicado no decreto.

O jogo estava marcado para às 21h30 mas para evitar qualquer tipo de aglomeração, os portões foram abertos às 17h30. Com filas devidamente sinalizadas, o público pode entrar no estádio apresentando a devida documentação, passando pela aferição de temperatura e respeitando o distanciamento que além da divisão de áreas, também aconteceu na forma como o público foi disposto, intercalando cadeira com torcedor e cadeira sem.

“É uma emoção única depois de um ano e meio, a gente ver o público aqui. Mesmo que o estádio não esteja cheio, ouvir a torcida vibrando com o jogo é uma coisa muito diferente. A gente agradece Brasília por ter tido a civilidade de mostrar que é possível fazer um evento, é possível as pessoas se divertirem com respeito e todo cuidado”, disse Richard Dubois, presidente da Arena BSB.

Foto: Rayra Paiva/ O Panorama

Entre outras medidas adotadas, a equipe do Arena disponibilizou álcool em gel pelo estádio e realizou a distribuição de 20.000 mil máscaras de proteção antes, durante e após o jogo. Desde março de 2020, as competições esportivas ocorrem sem público na capital federal.

A presença do público trouxe um gostinho especial para a goleada do Flamengo por 4 a 1 sobre o Defensa y Justicia. Com a vitória, o time rubro-negro carioca garantiu sua classificação para as quartas de final da Libertadores.